Nº.61 UNIVERSO Dez 2016 | Jan 2017

Charles Rubin
30/11/16

Uma das críticas ao capitalismo é gerar desigualdade social que, entre outras consequências, acaba excluindo uma parcela da população do sistema bancário. Segundo a Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio/RJ), cerca de 35% da população brasileira não têm conta bancária, o que dificulta ou impede a obtenção de crédito, mesmo de pequenas quantias. Foi buscando alternativas para essas pessoas que surgiu o conceito de microcrédito, termo usado hoje para designar uma variedade de empréstimos de pequeno valor, para um público de baixa renda. A iniciativa mais conhecida é a do ganhador do Nobel da Paz em 2006, Muhammad Yunus, fundador do Grameen Bank, instituição que criou o sistema de microcrédito em Bangladesh. Yunus defende que o acesso ao crédito deveria ser direito universal do ser humano. Neste infográfico vamos saber como funciona o microcrédito.

info