Nº.61 UNIVERSO Dez 2016 | Jan 2017

Charles Rubin
18/11/15

O Aedes aegypti é um mosquito que se originou na África e se espalhou por mais de 100 países tropicais e subtropicais. Vetor de uma série de doenças como a febre amarela e a dengue, o controle de sua população é muito difícil. Somente no Brasil, a incidência da dengue é de 368 casos para cada 100 mil habitantes, número que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), caracteriza uma epidemia. Não existe vacina para essa doença. Muito resistentes, os ovos do Aedes sobrevivem por meses sem água. A prevenção das doenças causadas pelo mosquito depende da eliminação de seus criadouros e do uso de inseticidas e repelentes. Mas um novo método promete revolucionar o combate ao mosquito da dengue: a manipulação genética. Neste infográfico, vamos saber como funciona essa tecnologia, suas vantagens e desvantagens.

info