Nº.61 UNIVERSO Dez 2016 | Jan 2017

Charles Rubin
27/7/16

Quando falamos de travestis ou de transexuais, é comum o uso de expressões que levam a concepções errôneas sobre a vivência e os desafios dessas pessoas. Por exemplo, você sabia que indivíduos transgênero devem ser tratados de acordo com o gênero com o qual se identificam. Se você não está certo quanto ao gênero da pessoa, melhor perguntar, de forma respeitosa, como ela prefere ser tratada, e tratá-la dessa forma. Já as travestis, independentemente de como se reconhecem, preferem ser tratadas no feminino, ou seja, o correto é dizer “AS" travestis, sim e não “Os" travestis.Para esclarecer termos e expressões relacionados as questões de gênero, a psicóloga Jaqueline de Jesus, do Núcleo Interdisciplinar de Ações para a Cidadania, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), elaborou o livro “Orientações sobre identidade de gênero: conceitos e termos: guia técnico sobre pessoas transexuais, travestis e demais transgêneros, para formadores de opinião”. Neste infográfico reproduzimos parte desses conceitos, esperando colaborar para a maior compreensão dos conceitos relacionados a gênero e orientação sexual.

info