Nº.61 UNIVERSO Dez 2016 | Jan 2017

Carlos Vogt
2/4/14

A Pré-Univesp está de cara nova. Depois de quase quatro anos no ar, 37 edições e cerca de 630 mil leitores, achamos que era chegado o momento de uma transformação na nossa revista. Seguindo as últimas tendências de publicações virtuais e da divulgação científica, ao mesmo tempo incorporando demandas e sugestões de nosso público, trazemos para você, nosso leitor, uma revista mais moderna, dinâmica e bonita.

O objetivo da Pré-Univesp continua o mesmo. Produzimos conteúdo de qualidade, pautado nos assuntos da atualidade, que fazem parte também da matriz curricular do ensino médio e das provas de ingresso às universidades. Trata-se de uma forma agradável de leitura, como apoio aos seus estudos.

As edições da revista permanecem mensais e temáticas, mas a publicação tornou-se mais dinâmica. A cada mês, elegemos um tema que será abordado através reportagens, artigos, entrevistas, infográficos, vídeos e áudios disponibilizados semanalmente. Toda quarta-feira teremos materiais novos, originais, de jornalistas, pesquisadores e especialistas no assunto em questão.

Mais do que uma leitura estimulante, a Pré-Univesp pretende incentivar o estudo e a busca pelo conhecimento. E uma novidade permitirá que nossos conteúdos frequentem também a sala de aula, tornando o estudo muito mais interessante. Na última semana de cada mês, disponibilizaremos um plano de atividades baseado nos conteúdos publicados ao longo da edição, que servirá como uma poderosa ferramenta para professores e estudantes explorarem a divulgação científica a favor do aprendizado.

Além dos dossiês mensais, a revista conta a partir de agora com um novo canal de comunicação, um espaço para assuntos variados, abordados de uma forma simples e objetiva: o blog Pré-Univesp.

Nesta 38a edição da Pré-Univesp, primeira de uma nova fase, abordaremos um assunto que permeia as vidas de todos nós, mas que permanece como questão em aberto para cientistas e filósofos: o tempo. Sabemos medi-lo, sabemos do que se trata, não é algo estranho a ninguém. Mas se tivesse que definir, o que é o tempo para você?

Acompanhe-nos nessa viagem pelo conhecimento e descubra, a tempo, o que a ciência tem a dizer sobre o assunto.

Boa leitura.