Nº.61 UNIVERSO Dez 2016 | Jan 2017

Charles Rubin
25/6/14

É muito mais fácil estudar quando relacionamos o que estamos tentando compreender com as vivências do nosso dia a dia. Temas que antes pareciam muito abstratos passam a fazer mais sentido. Quem gosta de jogar Angry Birds – onde o jogador tenta atingir porquinhos atirando sobre eles pássaros raivosos com um bodoque – pode usar essa sua vivência para tornar mais familiares as aulas sobre movimento parabólico (ou de projéteis). Veja neste infográfico como o Angry Birds tem tudo a ver com suas aulas de física.

info